5 de junho de 2014

Ser Mãe!

“Te vi ali, frágil, pequena e me senti uma louça que com qualquer choro seu me quebraria. Não sabia da dimensão do que eu fizera. Não sabia como te pegar nos braços. Tive medo. Muito medo. Me senti impotente. Me senti inútil. Mas ousei aprender. Depois, me senti uma mágica guiada por Deus. E percebi que o mágico é ELE! Eu, apenas a varinha mágica conduzida pela luz do amor. Meus erros, meus acertos me ensinaram que muitas e muitas vezes fui segurada no colo como uma filha que precisava muito. Me senti abraçada por Deus. E quando eu entendi que eu era especial, olhei profundamente para o sorriso da minha filha. Seus olhos brilham de tanto amor e gratidão. Ser mãe, especialmente a sua, é o grande presente que ganhei. Eu não sabia a dimensão desse amor. Não sabia que seria tão amada por você. Hoje, ser mãe para mim é um presente em que seu coração bate aqui comigo. Sei que o meu bate com o seu e quando somos mães temos dois corações enormes batendo dentro do peito. Para sempre!”.
Te amo minha querida. Você é meu amor incondicional!

(Adriana )

Nenhum comentário:

Postar um comentário