30 de abril de 2015

Ser mãe é estar entre o céu e o fel


Quando experimentamos a doce magia de ser mãe, viajamos entre o céu e o fel. O céu são todos os dias, são todos os nossos gestos de dar e receber amor. É um sentimento que não se resume, mas sim que se explora. O fel, (aquele amargo na nossa boca) é quando nos sentimos impotentes e frágeis diante de um mundo engolidor de pequeninos. Mas bravamente, mãe luta. Com cansaço, com dor e lágrimas. Nada, absolutamente nada é mais forte do que esse amor. Nem as nossas fragilidades. Porque são diante delas que nos tornamos mais fortes!

(Adriana Silva)

Nenhum comentário:

Postar um comentário