8 de maio de 2016

Filha querida...


Minha filha é a minha versão melhorada, sublinhada, minhas partes escondidas e que julgo mal acabadas em mim.
É a permissão divina em que me escolheu como Mãe, é a gratidão em forma de pessoa. Seus olhos me agradecem todos os dias, quando na verdade eu sou grata pela honra de ser a sua. Sua em todos os sentidos muito mais do que minha. Não me pertenço. Você me possui em todos os sentidos que não são sentidos por todos. Você é a forma mais linda de Deus dizer que me ama.
Quantas vezes me senti pequena e insignificante e fui colocada a prova por mim mesma e fui rebatida sendo confrontada com o espelho que me dizia o quanto fui grande e importante pra você.
Nesse caminho, de ser a sua mãe, com tantos erros, tropeços, lágrimas, dores, aprendizados, incertezas eu me deparei com o seu sorriso que me davam forças para seguir em frente.
No seu sorriso foi onde eu sequei as minhas lágrimas, e senti você dizendo: Vai mamãe! Eu consegui! Você consegue.
Ser sua mãe é como caminhar no céu e brincar de pular de nuvem em nuvem. Ser sua mãe é como andar pelo sol e não se queimar e se derreter de amor. Ser sua mãe é como avistar a tempestade e deixar a chuva cair lá fora, e ser inundada pela Fé e esperança de dias melhores. É ver que tudo pode acontecer, mas se tiver você terá valido a pena!
Seu sorriso, seu amor, seu abraço, seu carinho é o melhor presente que tenho: Todos os dias! E espero envelhecer junto com você para nunca nos esquecermos o quanto somos jovens se queremos, nas nossas brincadeiras, nas nossas palhaçadas, desafiando o tempo e a vida em que muitos julgam ser difícil, mas estamos vivendo, e até rindo de nós mesmas, e ao mesmo tempo que choramos mostrando a língua para as dificuldades porque elas nunca serão maior do que o nosso amor e a nossa força de viver.
Finalizo te dizendo o que te digo todos os dias quando estou com você em todos os seus momentos que você é a filha que não sonhei e que veio muito melhor do que eu teria sonhado.

(Adriana Silva)

Nenhum comentário:

Postar um comentário