15 de março de 2017

Poder Supremo.


Talvez eu esqueça, não veja, ou não seja aquele brilho que você me vê, 
Nos seus olhos vejo-me refletida como um ser gigante.
Mesmo cheia de lama, envolta pelas lutas, dores e cansaço
Você vê em mim a real beleza com seus olhos de amor.
Um diamante jamais se suja mesmo na lama
E de você, filha querida tenho o poder supremo:
Aquele que simplesmente ama.

(Adriana Silva)

Nenhum comentário:

Postar um comentário