31 de maio de 2017

Desamparo materno


Esse sentimento de mãe em sua total solidão. 
Sentimentos só seus, únicos e compreensíveis apenas a si. 
Essa impotência tão contraditória diante da magnitude que a empoderam. 
Mãe chora baixinho, suporta, sofre e armazena tudo em seu gigante coração
Mãe deixa de dar a si pra dar ao seu filho nem que seja apenas pão.

(Adriana Silva)

Nenhum comentário:

Postar um comentário